handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
[CURSO MIS ]

O cinema de Alfred Hitchcock

Panorama da obra do mestre do suspense, este curso pretende expor e debater toda a obra do mestre do suspense, incluindo os episódios de suas séries de televisão e sua fase inicial no cinema mudo, períodos que são pouco conhecidos pelo grande público, mas essenciais no entendimento de seu trabalho. A época no cinema mudo foi muito importante em sua formação e no desenvolvimento da arte de contar história por meio de imagens, técnica que ele aprimorou como poucos diretores, e que é o alicerce de toda a sua obra.

Alfred Hitchcock é um dos mais famosos diretores de cinema de todos os tempos, e também um dos responsáveis pelo desenvolvimento da arte de filmar, criando novas técnicas e aperfeiçoando as já existentes. Era também um mestre no uso da luz, posicionamento e movimentação de câmera, montagem e roteiro. Seu estilo influenciou gerações de cineastas, dos anos 50 até hoje, tanto em termos de domínio da técnica narrativa quanto na exploração de temas relacionados ao suspense, ao mistério, crime e horror.

 

O curso procura traçar um amplo painel do desenvolvimento de suas técnicas de filmagem e domínio do espectador, para mostrar sua incrível capacidade de ser popular sem deixar de ser criativo e talentoso, usando como material de apoio um vasto acervo.

Sobre os professores
Carlos Primati - Jornalista, crítico, tradutor e pesquisador, especializado no gênero fantástico, inclusive a cena brasileira do horror e fantasia, desde Zé do Caixão e Ivan Cardoso até a produção contemporânea. Ministrou uma aula magna na mostra de Alfred Hitchcock no CCBB em São Paulo, em 2011, e participou da retrospectiva completa do cineasta em Belo Horizonte, em 2013, com artigos para o catálogo, uma palestra e uma mesa de debate. É organizador, juntamente de Beatriz Saldanha, da antologia “Única”, primeira publicação brasileira dedicada exclusivamente a estudar a obra de Hitchcock.

Marcelo Lyra - Formado em jornalismo pela PUC-SP, cursou as disciplinas de roteiro, montagem, crítica de cinema e de história da crítica, na Escola de Comunicação e Artes da USP. Atua na área de cinema desde 1999. Foi crítico de cinema do jornal O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde e do jornal Valor Econômico, além de ministrar regularmente cursos sobre crítica de cinema, história do cinema, cinema brasileiro e outros, em espaços como Espaço Itaú de Cinema e Cinesesc. É autor do livro “Cinema Como Razão de Viver”.

 

Galeria de Fotos