handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp

Como parte da programação paralela da exposição Björk Digital, em cartaz até 18 de agosto, o MIS apresenta uma edição especial do Cinematographo. O projeto do Museu, que tem como objetivo resgatar a atmosfera das primeiras sessões de cinema, traz o clássico japonês Sonhos, de Akira Kurosawa, sonorizado ao vivo por Yan Montenegro e Banda, que improvisam uma trilha baseada nas músicas da cantora islandesa com arranjos exclusivos durante a exibição do longa.

O repertório foi pensado considerando a trajetória musical da cantora, que inclui clássicos como Human Behaviour e Venus As A Boy, do álbum Debut, de 1993, até elementos de seu álbum mais recente, Utopia, lançado em 2017. Parte da sessão será embalada, também, por canções do disco Vulnicura, de 2015, que inspira a exposição Björk Digital.

O Cinematographo de julho acontece no dia 21, domingo, às 15h, no Auditório MIS (172 lugares). Os ingressos, de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), começam a ser vendidos no dia 9 de julho, tanto na bilheteria do MIS quanto no site da Ingresso Rápido.

SESSÃO EXTRA

O MIS fará uma sessão extra do Cinematographo no domingo, 21, às 18h. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 17 de julho, às 12h, na recepção do Museu e no site e no app da Ingresso Rápido.

Sonhos (Yume, dir. Akira Kurosawa, Japão/ EUA, 1990, 119 min, livre)

é um longa-metragem nipo-estadunidense de 1990, baseado em sonhos verdadeiros que o cineasta Akira Kurosawa teve em momentos diferentes de sua vida. O filme é mais baseado em imagens do que no diálogo, e divide-se em oito histórias distintas, mas unidas pelo mesmo tema: "A Raposa", "O Jardim dos Pessegueiros", "A Nevasca", "O Túnel", "Corvos", "Monte Fuji em Vermelho", "O Demônio Chorão" e "Povoado dos Moinhos".

Sobre Yan Montenegro e banda

Yan Montenegro - produtor musical, arranjador, compositor e pianista. Há oito anos atua como diretor musical do projeto Notas contemporâneas, no MIS. Ao longo dos 15 anos de residência na Grande São Paulo, atuou como pianista. Produz e dirige o Grupo de vocal pop Ladies and Tramps, que atua em eventos corporativos. É pianista do cantor Oswaldo Montenegro, circulando pelo Brasil em suas turnês. Uniu-se à Companhia Mulungo no premiado espetáculo Filhos do Brasil, que resultou no documentário. Em 2018, acompanhou a turnê do cantor internacional Zeeba.

Raiza Coelho é formada em Música e Tecnologia pelo Conservatório Brasileiro de Música. A artista tem seu trabalho autoral no projeto RÁAE, onde além de compor e cantar também assina a produção musical ao lado de Carl Golembeski (Mary J Blidge, Bruno Mars, Beyoncé), João Miguel (The Twelves, Plucking Wings) e Lucas Duque (Sócio fundador da SONIDO, produtora de música e hoje selo independente que abriga o projeto RÁAE).

Duca Mendes - Músico, filmmaker e fotógrafo. Tocou em bandas cover e, com projetos autorais, participou de programas de TV e Rádios. É produtor de trilhas para publicidade. Em seu mais recente experimento audiovisual – Coldman – foi até a Islândia para captar imagens e gravar um álbum conceitual, que foi masterizado por Mike Marsh (Björk, Massive Attack, Chemical Brothers, Oasis).

Galeria de Fotos