handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!

Retratos do empreendedorismo, de Cláudio Gatti

O fotojornalista Claudio Gatti tem uma extensa carreira dedicada ao registro de altos executivos e presidentes de empresas. Seus ensaios, no entanto, fogem do lugar-comum pela escolha dos cenários e a inserção de objetos, que propiciam diferentes leituras ao espectador. Em “Retratos do empreendedorismo”, o fotógrafo apresenta parte do seu trabalho nas últimas duas décadas. A entrada é gratuita.

Para a mostra, o curador João Kulcsár selecionou 34 trabalhos de Gatti. Um vídeo documental sobre o processo de criação do fotógrafo, histórias inusitadas de produção dos retratos e um programa de acessibilidade para pessoas com deficiência também fazem parte da exposição. Segundo a curadoria, Gatti se diferencia por ressignificar e romper a forma como as imagens de executivos são apresentadas. Em clima descontraído, o fotógrafo consegue o registro de poses inusitadas, apresentando um lado até então desconhecidos dos grandes nomes do mundo corporativo.

O caminho percorrido pelo artista foi uma forma de driblar a falta de tempo das personalidades retratadas, criando um momento único e divertido. Esse método cativante está estampado em todos os trabalhos presentes na exposição. A partir dessas fotografias espera-se envolver o espectador com novas descobertas, abrindo espaço para interpretações e reflexões variadas em diversas camadas das imagens.

Sobre o fotógrafo
Claudio Gatti
é natural de Mogi das Cruzes. Fotojornalista há mais de 20 anos. Fotografou mais de 100 capas para revistas. Nos últimos anos, tem exposto seu trabalho em galerias em Paris (2017), São Paulo (2018), Veneza (58ª edição da Bienal de Veneza - 2019) e, no ano passado, no Shopping D& D e no Centro Cultural Fiesp, na mostra “Retratos do Isolamento, Reflexões da Pandemia”.

Sobre o curador
João Kulcsár
, com mestrado em artes pela Universidade de Kent, na Inglaterra, tem extensa carreira na área acadêmica, como curador e escritor. Foi professor visitante na Universidade de Harvard, além de lecionar e atuar como coordenador de fotografia no Senac-SP desde 1990. Presidente da REDE de produtores da fotografia no Brasil já fez curadoria para mostras nacionais e no exterior. Trabalha com projetos e consultoria de acessibilidade, fotografia e pessoas deficientes visuais desde 2008. É autor de livros como “Herança Compartilhada” com Matthew Shirts (Editora SESC-SP e Senac-SP) e “Acervo do MIS-SP” (Memória Paulistana; Lambe-lambe, fotógrafos de rua nos anos 70; e Ferrovia Madeiramamoré) (Editora SESI-SP). Diretor do Festival de Fotografia de Paranapiacaba. Por fim é editor do site Alfabetização Visual.

Galeria de Fotos

Governo do Estado de SP