handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp

[Palestra]

O cinema brasileiro contemporâneo em 3 atos

50 Vagas

16 anos

11, 13 e 15 de outubro, segunda, quarta e sexta, da 19h às 21h | Ao vivo pelo Zoom | Inscrição via Sympla | Gratuita | a partir de 16 anos

(3 encontros de 2 horas cada)

Semanalmente, o Pontos MIS oferece uma oficina ao vivo pela plataforma Zoom com inscrições pela Sympla. Cada cidade pode inscrever até 50 participantes. O link de acesso à aula será enviado automaticamente no e-mail cadastrado na ficha de inscrição, assim como o certificado.

Ministrada pelo Bruno Cucio, a oficina, que aborda da Retomada nos anos 1990 até os dias de hoje, propõe um diálogo entre o contexto sociopolítico e cultural e as transformações estéticas que os artistas buscaram como tentativa de representação no período e na atualidade. O fechamento da Embrafilme e do Ministério da Cultura em 1990, a criação da Ancine no início dos anos 2000, o forte ressurgimento do financiamento e editais públicos, a situação atual da produção audiovisual e análises de filmes do período são alguns dos tópicos abordados.

Sobre o professor

Bruno Cucio é mestrando no departamento de artes da Unesp e sócio da Travessia Filmes. Desde 2009 atua em projetos audiovisuais voltados à produção artística e à formação de público. Foi produtor executivo do longa-metragem “Para’í”, exibido em diversos festivais nacionais e internacionais. É também professor e coordenador pedagógico do INC – Instituto de Cinema de São Paulo.

 

Imagem: divulgação do filme “Branco sai, preto fica”

[MINI BIO OFICINEIRO]

Diversos oficineiros

Christian Saghaard, Kaka, Diaulas Ullysses, Ralph Friedericks, Maria Cecília Amaral, Italo Yuri e Marta Russo.

COMPARTILHE
Assista #misemcasa