handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!

Mensalmente, o MIS apresenta um bate-papo sobre videoarte conduzido pela videoartista Marcia Beatriz Granero, com artistas representativos e exibição de obras que integram o Acervo do MIS. Na 35ª edição, a convidada é Letícia Ramos, artista cientista, cuja investigação artística centra-se na criação de aparatos fotográficos adequados para captar e reconstruir o movimento e apresentá-lo por meio de vídeo, fotografia e instalação. 

Estreia no canal MIS do YouTube

Sobre a artista
Letícia Ramos

Sua pesquisa se centra nas invenções dos meios de representar o mundo. Parte de eventos históricos e fenômenos naturais para tratar das conexões simbólicas entre política, ciência e imaginação, onde o futuro e o passado se sobrepõem. Em sua rigorosa investigação do meio fotográfico analógico, utiliza a escultura, a maquete e técnicas de efeitos especiais para criar paisagens imaginárias, narrativas e fabulações que se formalizam em fotografias, instalação e filme.  

Suas obras foram exibidas em espaços como Jeu de Paume, Tate Modern, Instituto Moreira Salles, Itaú Cultural, Fundação Iberê Camargo, Museu Coleção Berardo, CAPC Musée d’art Contemporain (Bordeaux), Pivô, São Paulo. Seus trabalhos estão em coleções como Fundación Botin, Noveo Musee de Mônaco, Itaú Cultural, Instituto Moreira Salles, Museu de Arte Moderna de São Paulo e do Rio de Janeiro e Pinacoteca de São Paulo. 

Sobre a mediadora
Marcia Beatriz Granero
é videoartista e suas obras já participaram de inúmeras exposições individuais e coletivas no Brasil e no mundo. Jaque Jolene, personagem construída e interpretada pela própria artista, é o cerne da sua pesquisa há mais de dez anos. Fez residência artística na Inglaterra, Espanha e Portugal. Em São Paulo, participou da Temporada de Projetos no Paço das Artes, Mostra do Programa de Exposições do CCSP e Arte atual no Instituto Tomie Ohtake.

Galeria de Fotos

Governo do Estado de SP