handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp

O Bate-papo de Cinema Pontos MIS realiza, aos sábados, exibições de filmes seguidos de debates ao vivo no YouTube do Museu, buscando trazer membros da equipe dos filmes, pesquisadores da área, críticos de cinema, jornalistas e agentes cineclubistas para discutir sobre a obra e apresentar curiosidades da produção. 

Esta edição, que acontece em parceria com o serviço de streaming Belas Artes À La Carte, apresenta o filme argentino “Querida, vou comprar cigarros e já volto” (dir. Mariano Cohn e Gastón Duprat, Argentina, 2009, 110 min, 14 anos) e promove debate com a participação da programadora e pesquisadora Natalia Christofoletti Barrenha e da diretora e roteirista Giuliana Monteiro na mediação. 

O filme pode ser acessado gratuitamente por meio deste link (das 11h do dia 16.09 até 18.09) e o bate-papo ao vivo sobre o filme acontece no canal do MIS no YouTube. 

O público que assistir ao filme receberá, após a sessão, um cupom para acesso por 01 (um) mês gratuito na plataforma Belas Artes À La Carte

*com interpretação em Libras 

Sobre o filme:  

Querida, vou comprar cigarros e já volto 
(dir. Mariano Cohn e Gastón Duprat, Argentina, 2011, 14 anos) 
O filme se passa em diferentes épocas e países. Narra a história de um homem comum, que, após fazer um trato com um estranho personagem com superpoderes, tem a possibilidade de voltar ao seu próprio passado e reviver a juventude. Ernesto, o protagonista, tentará recuperar oportunidades perdidas e refrear certos comportamentos para mudar seu presente cinza e insípido. Apesar de ter a vantagem de conhecer todas as informações necessárias sobre o futuro, a experiência lhe mostrará que essa personalidade plana e seu ressentimento podem ir além desses benefícios e que não há desculpa possível para superar sua mediocridade infinita 

Sobre a convidada:  

Natalia Christofoletti Barrenha é pesquisadora e programadora especializada em cinema latino-americano. Doutora em Multimeios pela Unicamp, realizou pós-doutorado nesta universidade e foi pesquisadora visitante na KU Leuven, na Bélgica. É autora dos livros “Espaços em conflito: ensaios sobre a cidade no cinema argentino contemporâneo”, de 2019, e “A experiência do cinema de Lucrecia Martel: resíduos do tempo e sons à beira da piscina”, publicado no Brasil em 2014 e na Argentina em 2020. Atualmente, é pesquisadora visitante na Universidade Comenius de Bratislava, Eslováquia. 

Sobre a mediadora: 

Giuliana Monteiro é roteirista e diretora nascida em São Paulo, mestre em produção de filmes pela faculdade de Nova York Tisch School of the Arts, onde dirigiu e roteirizou diferentes projetos audiovisuais. Atualmente, trabalha em dois filmes, o seu primeiro longa-metragem ficcional, “Estrada para Livramento”, que tem o apoio do fundo Spike Lee para desenvolvimento e da fundação San Francisco Film Society, e também na finalização do longa-metragem documental “Bento”. 

Sobre o Belas Artes À La Carte: 

O Belas Artes à La Carte é um streaming de filmes pensado para quem ama cinema de verdade. Seu catálogo, que conta com cerca de 400 títulos, inclui filmes de todos os cantos do mundo e de todas as épocas: contemporâneos, clássicos, cults, obras de grandes diretores, superpremiados e principalmente aqueles que merecem ser revistos e que tocam o coração dos cinéfilos. 

SOBRE O #MISEMCASA
A campanha #MISemCASA traz conteúdos em diferentes formatos em todas as plataformas digitais do MIS. A ação acontece em conjunto com o #Culturaemcasa, desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa, por conta da orientação do Centro de Contingência do Covid-19 – que determinou que os equipamentos culturais do Governo do Estado de São Paulo tenham seu funcionamento suspenso temporariamente. Conheça a ação #culturaemcasa: cultura.sp.gov.br/culturaemcasa/.

O MIS agradece aos patrocinadores, apoiadores e patronos da programação, que também apoiam a iniciativa digital #MISemCASA: Kapitalo Investimentos (patrocínio), Cielo (patrocínio), Vivo (patrocínio), TozziniFreire Advogados (apoio institucional), Bain & Company (apoio institucional), Telhanorte (apoio operacional), Itaú (patrono) e e Lefosse (patrono).

Galeria de Fotos

Assista #misemcasa